quinta-feira, 10 de abril de 2014

livro de salmos e queixas suplementares



não temos de ir a arles para saber a cor do verão, temos a carta do nosso primeiro amor, como girassóis na água da poesia, aguentando o tempo que passa e não se repete.




Sem comentários:

Enviar um comentário