sexta-feira, 22 de março de 2013

# 2







o meu amor
entre as árvores
que me escutam

percebe uma forma
de deslocar-se
do meu coração

para o vácuo
delicado da poesia

Sem comentários:

Enviar um comentário