quinta-feira, 28 de março de 2013

# 11




só preciso de um instante
de vez em quando

como daquela manhã
que bastou

para acordarem todas as
tulipas

Sem comentários:

Enviar um comentário