domingo, 30 de dezembro de 2012

a música da tristeza



fiz um poema para te explicar o amor, compus uma teoria com o tempo todo que estive à tua espera: o amor é uma palavra que te procura. acabei por dizer sombras do que queria, a poesia sabe pouco do que o coração sente, do que as mãos pensam, quando pega na ideia da tua presença, na janela de todos os dias, dizendo que já não é preciso procurar mais. por isso é que há tanto silêncio à volta da poesia, quanto céu sem estrelas, quanto beijo sem boca e poetas sem tempo, guardando versos nos bolsos rotos dos casacos, alimentando os pássaros atentos, os únicos que prestam atenção à música da tristeza.


Sem comentários:

Enviar um comentário